terça-feira, 4 de Agosto de 2009

Peeling de Ácido Salicílico

O Peeling de Ácido salicílico é feito com um ácido sintetico chamado de beta hidroxi . Ele é usado em uma variedade de aplicações cosméticas, mas a sua principal utilização é para tratar o acne. O Ácido salicílico é um ingrediente muito comum em varios tratamentos contra o acne .

Peeling de Ácido Salicílico para Eliminar Acne ,Rugas , Manchas da Pele e Problemas Solares

As cascas de Ácido salicílico podem ser usadas para tratar a acne, rugas finas, descoloração da pele e danos provocados pelo sol . O ácido salicílico é uma alternativa ao glicólico , que é um tratamento mais vulgar. Este até pode ser feito em sua casa ou por um profissional da pele (dermatologista).

Algumas Instruções importantes

Passo 1 - Determine a profundidade da pele que você deseja que o Peeling possa ir. As cascas de Ácido salicílico estão disponíveis em concentrações de até 30 por cento, mas podem ser adquiridas concentrações menores quando estas forem para ser aplicadas pelo usuário (você). Se tiver maiores problemas de pele ,ou necessitar de uma maior profundidade as cascas com mais % de acido são as recomendadas.

Passo 2 - Deve ser feita uma exfoliação na sua pele alguns dias antes do peeling para que o acido seja absorvido mais profundamente na derme.

Passo 3 - Lave a sua pele cuidadosamente com um purificador ligeiro antes de aplicar o acido salicilico . A sua pele deve ser limpa, para que nenhuma impureza irritante possa entrar em contato com a nova pele imediatamente após o peeling .

Passo 4 - Aplique o ácido salicílico na pele e deixe-o pernanecer por 10 a 20 minutos. Se você tiver em um spa , ou a faze-lo em consultório médico, a quantidade adequada de tempo deve ser controlada por você ,porque se o ácido não deve causar desconforto, este não deve produzir mais do que uma ligeirissima dor.

Passo 5 - Poderá fazer entre 6 e 10 tratamentos para obter melhores resultados. O número de sessões no seu conjunto depende da gravidade da sua condição da pele, mas esta é a média.

Dicas e Avisos

Se você está propensa a irritação da pele, escolha sempre um peeling salicílico em vez de um glicólico . Os Salicílicos são cascas menos irritantes, e têm propriedades anti-inflamatórias e anestésicas .Este pode também ser encontrado em combinação com outros produtos que incluem ácido glicólico, ácido láctico e outros produtos químicos. Toda esta Combinação de produtos dar-lhe-á todos os benefícios de ambos os tipos de peelings quimicos .Escolha um produto que tenha, pelo menos 30 SPF. Não é recomendado para mulheres grávidas .As pessoas de cor (pretas) devem evitar cascas profundas deste produto, pois podem causar hipopigmentação, ou manchas .A pele não deve ficar severamente danificada com estas cascas, mas poderá ficar um pouco vermelha e brilhante logo após as sessões , e por vários dias.

Breve Introdução

Peeling químico continua a ser o padrão-ouro em cosméticos de reforço da pele facial. Peeling químico do rosto foi realizado durante muitos anos. Os antigos egípcios utilizadas partículas de alabastro misturado com leite e mel para abradar a pele facial e criar um maior rigor. No Egito , Cleópatra é dito ter-se banhado em leite azedo, enquanto as mulheres francesas aplicavam fermentados de vinho nos seus rostos para melhorar a qualidade da pele. Em 1882, Unna, um dermatologista alemão, relatou o uso do ácido salicílico, resorcinol, fenol e ácido tricloroacético para as cascas químicas. No início da década de 1990, Swineheart relatou resultados satisfatórios utilizando 50% do ácido salicílico nas mãos e antebraços dos pacientes com acne e alterações pigmentares. Embora a literatura esteja repleta com o uso de ácidos alfa hidróxi como agentes de peelings , há uma certa escassez de publicações sobre a eficácia e segurança do ácido salicílico .

Classificação

É um derivado do ácido benzóico hidroxil e representa um ácido carboxílico aromático ligado a um álcool, fenol. É o único membro da familia beta-hidroxi , assim chamado porque os aromáticos canboxylic tem um grupo em a versão beta . É proveniente do salgueiro , e folhas doces de vidoeiro.

Mecanismo de acção

É um excelente Agente keratolytic . Pensa-se funcionar através de uma solubilização do cimento intercelular, reduzindo, assim, a aderencia corneocyte . Devido à sua natureza lipofílica, tem um forte efeito comedolytic. Este afeta o araquidônico e, portanto, exibe algumas capacidades anti-inflamatórias .

Algumas Indicações

Estas incluem acne vulgar, poros abertos , peles ásperas e oleosas, melasma, hiperpigmentação pós-inflamatória, e fotoenvelhecimento .

Contra indicação

Observaram-se algumas histórias de alergia à aspirina, gravidez e lactação , são estas algumas contra-indicações.

Formulações Disponiveis

1. 20-30% em peso de um volume com base em uma solução hydroethanolic

2. 2% solução como purificador para pele, acne e em lavagens

3. kits para cascas (Elevador beta, Bioglan Pharma)

4. (ácido salicílico USP em pó 50% metil salicilato de 16 gotas, Aquaphor 112 g)

Preparação

Como em qualquer outro tratamento, é muito importante seleção paciente é importante. Uma boa analise da pele e exame com relevância para estas cascas é obrigatória. Fotodocumentação e um consentimento por escrito são recomendados .

Procedimento

O paciente é convidado a lavar o rosto com água e sabão para remover poeira e sujidade. Uma tampa cirúrgica é utilizado para puxar para trás o cabelo e cobrir as orelhas. O rosto é desengordurado por lavagem com um pedaço de uma gase de algodão embebida com etanol ou uma pré-casca purificadora, que acompanha o kit. As Zonas sensíveis do rosto, como os lábios e bochecha são protegidas com uma fina camada de petrolato. O ácido salicílico é aplicado utilizando um aplicador de algodão ou uma esponja em uma cunha e forma predeterminada , a partir da testa e progredindo para as bochechas ( zigomático) , queixo, lábio superior, nariz e pálpebras inferiores.

Todo o processo deverá estar concluído dentro de 30 seg. Neste ponto pode existir algum ardor e uma ardência que aumenta durante os próximos 2 minutos a 3 minutos e depois diminui rapidamente para valores basais durante os próximos minutos, o que é considerado o ponto final da casca. Como o veículo hydroethanolic evapora, ela deixa para trás um precipitado branco de ácido salicílico sobre a superfície da face, que é denominado como geada de ácido salicílico . Existe muito pouca penetração do agente ativo quando o veículo tiver volatilizado. Neste ponto não há nenhuma queimadura ou ardor como o agente provoca um leve toque para anestesia superficial. O paciente é instruído para lavar o rosto com água . Os doentes são, em seguida, enviados para casa com um hidratante e instruções de limitação á exposição solar e como usar fotoprotetor adequadamente.

Após peel

Os pacientes relatam um aperto e lisura imediatamente pós-casca. Algumas crostas superficiais podem ser vistas em áreas da acne inflamatória. Os Pacientes com pele tipo III Fitzpatrick têm alguma experiência de escurecimento devido ao aumento da melanina . Os Menores efeitos colaterais incluem crostas superficiais, edema e púrpura transiente na area inferior das pálpebras , hipopigmentação, hiperpigmentação transitória e secura, que se resolve rapidamente.

Intervalos de aplicação

Pode ser repetido uma vez em 2 semanas para 5-6 sessões.

Todo este tratamento deve ser abordado com cautela e prudência.

Antes e depois - Fotos








1 comentário:

  1. Parabéns, muito boa a matéria!!
    E é exatamente este resultado

    ResponderEliminar